Title Image

Laboratório
Sorry for not
picking up the phone

Laboratório
Sorry for not
picking up the phone

16 de Dezembro,

das 14h00 às 17h00

Workshop gratuito | Inscrições abertas

A participação é gratuita, com inscrição prévia para o nosso email.

Este laboratório será orientado por Leonor Lopes e Sepideh Khodarahmi e faz parte do processo de investigação que estão a desenvolver no âmbito da sua residência a decorrer no Forum Dança.

 

“Já viste uma coisa tão fofinha que a quiseste destruir? já quiseste dançar uma dança de corações adorável? já te perguntaste sobre a coreografia de uma serie de animação?
Neste laboratório queremos partilhar algumas das práticas que temos criado como parte de uma pesquisa artistica sobre fofura-agressividade e o que está entre.
Corações escondidos, ursos de peluche agressivos, danceoke e anedotas são alguns dos elementos que revelam o universo que iremos partilhar.

 

O laboratório é de participação gratuita e aberto a qualquer pessoa que queira participar.

 

Imagem © Leonor Lopes e Sepideh Khodarahmi

 

Biografias
Leonor Lopes (Santarém, 1999) é artista/performer. Estudou dança na Escola Superior de Dança, Lisboa e na Universidade de Stavanger, Noruega. Foi membro do PACAP 5, no Fórum Dança, com curadoria de João Fiadeiro. Interessa-se particularmente no cruzamento entre disciplinas, na ficção, no surreal, na anti-lógica e no desenvolvimento de projetos em diálogo com outres artistes.

 

Sepideh Khodarahmi é ume artista que trabalha com a dança, o teatro e a performance art. Ile estudou dança na BroadWay Dance Center em Nova Iorque, tem uma licenciatura em actuação na Gothenburg University Academy of Music and Drama e por último uma licenciatura em Mime na Amsterdam Hogeschool voor Kunsten. Sepideh explora o drag enquanto performer e professore. Paralelamente á sua carreira nas artes performativas ile estudou Matemática na Stockholm University. Enquanto ume artiste queer persa ile ocupa-se com tópicos como o erotismo, rituais, bruxaria, morte, religião, queerness e poder. A sensualidade é um método e um elemento constante no seu trabalho.