Title Image

Arte Jovem

Férias Escolares

A criatividade continua, mesmo de férias!

Os nossos ateliers chegam todos os verões para brincar-criar em torno da Dança, Teatro, Vídeo e Música.

 

Num espaço de aprendizagem, estímulo e criação artística, abrimos portas às crianças e jovens chamando-os à participação e experiência da prática artística.

 

Em todas as edições selecionamos um tema diferente com o qual vamos construindo e abrindo caminho para uma mostra/espectáculo no final de cada semana.

 

Contamos com a mão e a experiência de Mário Afonso na Dança e Movimento, Nuno Cintrão na Música, Manuela Pedroso e João Pinto no Teatro e Vídeo.

 

Em 2020, o Arte Jovem em princípio irá decorrer durante o mês de Julho. O tema da edição tem por base o livro “Alto, Baixo, Num Sussurro”, de Romana Romanyshyn e Andriy Lesiv, editado em Portugal pela Orfeu Mini.

“Onde nasce a música? O que é um decibel? O que fazem um engenheiro acústico, um DJ ou um designer de som? Como comunicam as pessoas que não conseguem escutar nenhum som? Eis a enciclopédia ilustrada que faltava aos leitores de hoje, estudantes, professores ou apenas amantes da música e do mundo invisível dos sons. Alto, Baixo, Num Sussurro fala-nos das diferentes sonoridades que existem, mas também da importância do silêncio, e de ouvir e escutar o outro. Muitas vezes, sem usar palavra.”

Biografias

João Pinto, trabalhou em publicidade, trabalha actualmente como VJ e videasta.

 

Colabora frequentemente com Aldara Bizarro, em ateliers e peças de dança e vídeo para crianças.

 

Responsável pelos ateliers de vídeo do Arte Jovem – Forum Dança.

 

Actualmente colabora no projecto “Nus Meios” (no âmbito do projecto (R)EXISTIR) de Filipa Francisco e Bruno Cochat, realizando o documentário sobre o processo de trabalho.

Manuela Pedroso, licenciada em Teatro (Atores e Encenadores) pela ESTC, em Lisboa. Frequentou o Curso de Monitores de Dança para a Comunidade organizado pelo Fórum Dança, em 1992/93. Formadora creditada pelo Conselho Científico Pedagógico da Formação Contínua, da Universidade do Minho.

 

Trabalha desde 1986 como atriz profissional em diversas companhias teatrais (Teatro Espaço, Teatro da Malaposta, Teatro do Século, Teatro Meridional, Casa Conveniente, entre outros), tendo sido dirigida pelos seguintes encenadores: Águeda Sena, José Martins, Figueira Cid, Rui Mendes, Mário Feliciano, Inês Câmara Pestana, Miguel Seabra, Layla Ripol, Mónica Calle, Inês Barahona e Giacomo Scalisi. Participou como intérprete na área da Dança em projetos coreográficos de Margarida Pinto Coelho, Paulo Henrique e Madalena Victorino.

 

Trabalha desde 1991 como formadora na área do Teatro e da Dança Criativa com diversas entidades oficiais promotoras do ensino artístico em Portugal: Escolas Primárias e Secundárias, Escola Profissional de Educação para o Desenvolvimento, Grupo de Teatro da Nova, Câmara Municipal de Lisboa, Câmara Municipal de Cascais, C.E.N.T.A., Casa de Serralves, Forum Dança, Centro Cultural de Belém, A.P.C.C., Teatro Aveirense, Teatro Viriato, Artemrede.

 

Trabalha ainda desde 2003 como contadora de histórias, colaborando com a Livraria “Ler para querer”, Direção Geral do Livro e das Bibliotecas, Teatro Maria Matos, Casa das Histórias – Museu Paula Rego, entre outras instituições.

Mário Afonso estudou na Escola de Artes Visuais António Arroio 1985/1990. Entre 1991/1995 foi bolseiro na escola Pro.Dança sob orientação de Sofia Neuparth e em 1998 concluiu a licenciatura em Dance Theatre Performance no Instituto das Artes da Holanda (Hogeschool voor de kunsten- Arnhem). Desde o ano 2000 mantém uma actividade regular com o Forum Dança, como formando, formador e artista apoiado.

 

Paralelamente ao trabalho de criação artística, desenvolvido e apresentado publicamente desde 1999 em Portugal, Espanha, Holanda e Bélgica, Mário Afonso tem participado e realizado inúmeros workshops, seminários e outros eventos na vasta área do fazer e do pensar – para poder voltar a pensar para poder voltar a fazer. Na área da pedagogia artística tem exercido trabalho de continuidade com profissionais do meio das artes, bem como com o público não profissional em faixas etárias compreendidas entre a infância e os seniores. Mário Afonso é mestrando em Estética, no departamento de Filosofia da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas.

 

Em Outubro de 2009 fundou a Associação Cultural Carta Branca.

 

| website ›› 

 

Nuno Cintrão, Músico, Guitarrista, Compositor, Performer. Divide a sua atividade profissional entre a performance e a educação. A sua atividade artística e pedagógica tem sido pautada pela procura de pontos de contacto entre diferentes formas de expressão artística e criativa e a realização de projetos em diferentes contextos. Interessa-se pela experimentação e construção de objectos sonoros e a concepção de espectáculos colaborativos e multidisciplinares.

 

É licenciado em guitarra clássica, pela Escola Superior de Música de Lisboa e em Educação Musical pela Escola Superior de Educação de Lisboa. Em 2017 concluiu o Mestrado em Ensino de Música no ISEIT-Almada.

 

Ao longo do seu percurso tem tido a oportunidade de colaborar com artistas de diferentes áreas de expressão artística. Desde 2010 que compõe música para teatro, vídeo e dança tendo colaborado com diversas companhias e artistas. Destas colaborações destacam-se a Byfurcação Teatro, Companhia da Esquina, Musgo, Créme de La Créme e Aldara Bizarro. Tem concebido e realizado workshops, formações e espectáculos junto de várias entidades, das quais se destacam: Fábrica das artes-CCB, Fundação Calouste Gulbenkian, Associação Portuguesa de Música nos Hospitais, Fórum Dança, Fundação do Gil, Operação Nariz Vermelho, CFMI-Universidade March Bloch Strasbourg, APEM-Associação Portuguesa de Educação Musical.

 

Fez parte do projeto “Música nos Hospitais” com o qual trabalhou como músico e formador até 2013, realizando intervenções musicais e em Hospitais e diferentes instituições de cariz social. Divide o seu interesse entre a guitarra e outros objetos sonoros, procurando a sua linguagem musical no universo da música improvisada e experimental, passando pelas músicas do mundo, erudita, jazz e rock. Enquanto guitarrista tem colaborado com diferentes projetos, de entre os quais se destacam: Trama, Ana Barroso e mais recentemente com Teresa Salgueiro (ex-Madredeus).

 

Para além de Portugal, teve a oportunidade de apresentar os seus projetos em Cabo Verde, Macau, Bélgica, Hungria, Alemanha, Brasil, Itália e Espanha.

 

No Pic

João Pinto

Forum Dança - Manuela Pedroso
Manuela Pedroso © Estelle Valente
Forum Dança - Mário Afonso
Mário Afonso
Forum Dança - Nuno Cintrão
Nuno Cintrão